Phoenician-Punic amphorae from Castro Marim, Portugal: provenance and contents of Pellicer amphora types B/C and D

Autoři

GAŠPAR Adam ARRUDA Ana Margarida DIAS Cristina MIRAO José DE SOUSA Elisa MANHITA Ana

Rok publikování 2019
Druh Další prezentace na konferencích
Fakulta / Pracoviště MU

Filozofická fakulta

Citace
Popis O sítio arqueológico de Castelo de Castro Marim fica na parte mais elevada da Vila com o mesmo nome na costa sul de Portugal, perto da fronteira com Espanha. O local está situado no topo de uma colina 30 metros acima do nível do mar erguido numa área pantanosa entre a costa sudeste do Algarve e a foz do rio Guadiana. Várias campanhas de escavaçoes arqueológicas revelaram ocupaçao durante a Idade do Ferro, período romano e Idade Média. O objetivo do estudo é avaliar a presença de dois tipos específicos de ânforas pré-romanas no sítio de Castro Marim em termos de proveniencia e conteúdo. A produçao e distribuiçao de ânforas Pellicer tipo B/C e D podem ser datadas do 5° ao 1° séculos a.C e estao relacionadas com a ocupaçao fenício-púnica da baía de Cadis e do vale do Baixo Guadalquivir. A análise petrográfica do material cerâmico com base na abordagem multi-analítica (principalmente XRD, XRF, petrografia e SEM-EDS) será focada em identificar as diferentes proveniencias de amostras selecionadas de ânforas. Em casos relevantes, os resíduos extraídos dos materiais cerâmicos sao estudados recorrendo a GC-MS para identificar o bem armazenado nas ânforas. Este trabalho discute a origem das ânforas analisadas e contextualiza-as no meio de produçao e comércio de alimentos.